Frete Internacional – O que é, custos e como contratar

Calculando custos usando papel e calculadora

Por: Eduardo Franceschett
CEO e Fundador da Konfere

Por: Eduardo Franceschett
CEO e Fundador da Konfere

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn

Neste artigo você vai aprender sobre:

  • Análise do melhor modal para as suas remessas
  • Como é composto o cálculo de frete internacional e suas particularidades
  • O que você precisa considerar para compor o custo logístico de ponta-a-ponta

Não é surpresa que o comércio entre diferentes nações melhore o mundo, criando uma eficiência global sem precedentes. Afinal há particularidades geográficas, culturais e expertises que podem contribuir com a oferta de produtos e serviços não apenas locais, mas além das fronteiras.

O comércio internacional permite que os mercados expandam seus bens e serviços para uma base maior de clientes, muitas vezes distantes, porém com as mesmas necessidades.

Dessa maneira, custos de produção são otimizados, a qualidade aumenta – pois naturalmente as empresas seguem cada vez mais se especializando – e pra que tudo isso aconteça – a logística também é “pressionada” a evoluir.

Desde que o tráfego de frete aéreo e marítimo se expandiu em todo o mundo, a troca de importações e exportações levou ao boom os serviços de transporte e expedição de carga, no qual diversos serviços de logística são oferecidos de maneira integrada, coordenando o transporte terrestre com uma companhia de navegação ou aérea para garantir a entrega pontual das mercadorias.

Saber como escolher e calcular seu frete internacional é essencial para qualquer pessoa que pretende fazer uma operação de exportação ou importação. Um dos primeiros pontos a se pensar é qual modalidade de frete internacional é melhor para o seu caso, as duas principais são:

Frete Internacional Maritimo

A maneira mais eficiente de enviar internacionalmente é transportar suas mercadorias via contêiner de carga por um transportador marítimo, mais conhecido como armador. Os navios de carga passaram por uma transformação nos últimos anos, ficando cada vez maiores e com o objetivo de acomodar cada vez mais contêineres.

O transporte marítimo de contêineres pode ser a forma mais eficiente de transporte internacional, mas também é a mais lenta. Pode levar de duas a cinco semanas para transportar um contêiner da China para os Estados Unidos, isso quando não há transbordo, ou seja, quando o navio vai direto.

Os tempos de trânsito variam de acordo com a costa dos EUA. Obviamente, o transporte de mercadorias da China para a costa oeste leva menos tempo do que o transporte para a costa leste. Uma das funções do agente de cargas é definir a melhor estratégia para o curso de sua remessa, considerando preço, prazo (transit time), custo alfandegário, de armazenagem, taxas extras e até incentivos fiscais.

Frete internacional aéreo

O frete internacional aéreo tem suas peculiaridades, podendo ser cobrado tanto por peso real (kg) quanto por “peso cubado” (Altura x Comprimento x Largura). Se a sua remessa for densa, significa que ela ocupa pouco espaço, mas é pesada , o frete aéreo pode ser o melhor meio de transporte.

Os aviões de carga são muito maiores que os comerciais, possuem vários conveses e uma porta de carga de grandes dimensões na parte inferior do avião.

Alguns cargueiros Boeing mais novos têm portas de carga nasais. Isso significa que toda a face do avião se eleva para que outros veículos possam rolar. A distância entre o nariz e a parte traseira de um convés de carga é de cerca de 30 metros. O maior avião de carga do mundo pode carregar em torno de 250 toneladas em grandes distâncias.

Além dos modais disponíveis, é muito importante saber sobre as taxas envolvidas no seu processo internacional logístico, para isso existem fórmulas e regras para calculá-las.

Como calcular as taxas de frete?

Os custos de um frete internacional podem ter muitas variáveis: A modalidade escolhida, o tipo de container, o peso ou volume da carga, o incoterm, entre outros. Vamos explicar os custos de frete divididos pelos modais Marítimo e Aéreo.

Taxas de frete marítimo

Konfere - Taxas de frete marítimo

Existem dois elementos principais para o cálculo do frete internacional maritimo:

  • As taxas de frete marítimo fixadas pela transportadora.
  • Os custos associados ao manuseio e desembaraço das mercadorias nos portos de carga e descarga.

As taxas de frete marítimo são normalmente fornecidas na forma de uma cotação de frete, e o formato dessas cotações pode variar de despachante a despachante e empresa de frete marítimo a empresa de frete marítimo. Embora novas sobretaxas pareçam ser introduzidas diariamente, seu preço de frete marítimo provavelmente será composto pelos itens de frete e sobretaxa abaixo.

NomeDescriçãoCarga do tipo FCLCarga do tipo LCL
Transporte terrestreTransporte do remetente para o armazém de exportação ou porto de saída.Montante fixo Pode incluir OU estar sujeito a sobretaxa de combustívelMontante fixo Pode incluir OU estar sujeito a sobretaxa de combustível
THC (Terminal Handling Charge)Despesa de manuseio de terminal – movimentação de contêineres no porto ou armazém de consolidaçãoMontante FixoPeso ou Medida (KG / M) Geralmente, com base em 1000 kgs ou 1.000 M3, o que for maior.
DocumentaçãoTaxa de administração pela documentação de remessa necessária.Montante fixo: Pode haver vários itens diferentes para documentação. I.e. Linha de embarque Conhecimento de embarque / Conhecimento de embarque interno / certificados de origem, etc.Montante fixo: Pode haver vários itens diferentes para documentação. I.e. Linha de embarque Conhecimento de embarque / Conhecimento de embarque interno / certificados de origem, etc.
Desembaraço AlfandegárioProdução e entrega da declaração aduaneira.Montante Fixo.Montante Fixo.
SegurançaSobretaxa por medidas adicionais de segurança geralmente impostas pelo porto.Montante Fixo. Taxas fixas vendidas por unidade de tamanho. I.e. 20 ′ cntr = $ 1000 40 ′ cntr = $ 2000Montante Fixo.
Frete MarítimoTaxa básica para frete marítimo.Montante Fixo. Taxas fixas vendidas por unidade de tamanho. I.e. 20 ′ container = $ 1000 40 ′ container = $ 2000Peso ou Medida (W / M) Geralmente, com base em 1000 kgs ou 1.000 M3, o que for maior.
BAF(Bunker adjustment factor)Fator de ajuste do depósito – Sobretaxa de combustível para o transporte marítimoTaxas de montante fixo cobradas por unidade de tamanho. I.e. 20 ′ container = $ 350 40 ′ container = $ 700Peso ou Medida (W / M) Geralmente, com base em 1000 kgs ou 1.000 M3, o que for maior.
CAF(Currency Adjustment Factor)Fator de ajuste da moeda – cobertura de risco cambialPorcentagem de frete Normalmente recomendada como porcentagem da taxa de frete. I.e. 20 ′ cntr = $ 1000 CAF @ 12% = $ 120Geralmente uma porcentagem do frete ou, às vezes, W / M. Isso realmente se resume a como o transitário escolhe apresentá-lo, geralmente será mostrado como ‘inclusivo’

Pode haver cobranças adicionais, dependendo de onde você estiver enviando, mas os itens acima são os principais componentes da taxa de frete ao serem enviados sob incoterms CFR.

Alguns transitários cobrarão pelo fornecimento de serviços de rastreamento de frete marítimo, mas a maioria agora oferece isso como padrão, a menos que seja necessária alguma forma específica de rastreamento de frete marítimo e eles precisem incorporar algo fora de seus sistemas internos.

Taxas de frete Aéreo

Taxas do Frete Internacional aéreo

O peso cobrável das remessas de frete aéreo é calculado como o peso real (peso bruto) ou o peso volumétrico (também chamado de volume ou dimensional) da remessa, o que for maior. É usado um peso estimado calculado com base nas dimensões (comprimento, largura e altura) de um pacote (as remessas são sempre mostradas na ordem de C x L x A).

Normalmente, itens grandes com um peso geral leve ocupam mais espaço em uma aeronave do que um item pequeno e pesado. É por isso que as companhias aéreas cobram de acordo com o peso cobrável.

Você deve estar pensando agora: “Como faço para calcular o peso volumétrico para determinar o peso cobrável da minha remessa aérea?”

Para calcular o peso do volume usando centímetros, multiplique o comprimento pela largura pela altura (C x L x A) em centímetros para obter os centímetros cúbicos e divida o resultado por 6000.

Veja alguns exemplos que ilustram situações fictícias:

Exemplo 1 – O peso real é maior que o peso do volume:

A Empresa ABC enviará algumas cargas de Los Angeles para Xangai. A remessa consiste em 5 caixas/papelão, cada uma pesando 30 kg e cada uma medindo 50 x 40 x 40 cm / 19,685 x 15,748 x 15,748 polegadas.

Peso bruto real = 5 caixas x 30kgs cada = 150 kgs

Peso volumétrico em kg, usando centímetros = (50 x 40 x 40cm) x 5 caixas / 6000 = 67kg

Peso volumétrico em kg, usando polegadas = (20 x 16 x 16) x 5 caixas / 366 = 67kgsResultado: 150 kgs são maiores que 67 kgs; portanto, o peso cobrável será de 150 kgs, que, nesse caso, é o peso real.

Exemplo 2 – O peso do volume é maior que o peso real:

A ABC Company enviará algumas cargas de Los Angeles para Xangai. A remessa consiste em 3 caixas/papelão, cada uma pesando 10 kg e cada uma medindo 50 x 40 x 40 cm / 19,6 x 15,7 x 15,7 polegadas.

Peso bruto real = 3 caixas x 10 kgs cada = 30 kgs

Peso volumétrico em kg, usando centímetros = (50 x 40 x 40cm) x 3 caixas / 6000 = 40 kg

Peso volumétrico em kg usando polegadas = (19,6 x 15,7 x 15,7) x 3 caixas / 366 = 40 kg

Resultado: 40kgs é maior que 30kgs, portanto, o peso cobrável será 40kgs, que também é o peso do volume.

Um detalhe importante para ficar atento são as taxas cobradas por kg dependendo do peso total da sua encomenda, normalmente uma pessoa que vai exportar 300kg vai pagar mais caro por kg do que uma que vai exportar 500kg, por exemplo.

Se você está em uma faixa de peso abaixo mas muito próximo da faixa acima pode ser mais viável declarar que o peso da sua remessa é maior, pois assim você paga menos, como no exemplo:

DestinationMin1KG300KG500KG
CNF via GRU$75$2.95$2.80$1.70
CWB via GRU$75$2.95$2.80$1.70
POA via GRU$75$2.95$2.80$1.70

Digamos que usando como base as tarifas acima, você vai calcular o frete para uma remessa de 480kg, nesse caso você pagará por kg um valor de $2.80 o que resulta em um total de $1.344. No entanto, se você declarar que sua carga na verdade pesa 500kg o valor por kg passa para $1.70 e o total para $850, dessa forma com uma simples mudança você conseguiu economizar $494.

Preparação e custos

Por fim, é muito importante saber que a maioria das remessas são concluídas rotineiramente, mas mesmo uma pequena discrepância de dados pode provocar uma inspeção alfandegária, cobranças e possíveis multas. Você precisará pagá-las diretamente antes que a remessa possa ser coletada.

É por isso que verificar a documentação é sua prioridade número um. Vale a pena, então, obter uma compreensão geral dos principais documentos de frete, como o Bill of Landing e a Shippers letter instruction(carta de instruções do remetente), e como eles podem afetá-lo.

Agora você já está apto para decidir sobre os custos do seu frete internacional, saber todas as informações é essencial para não deixar nenhum detalhe passar nesse processo complexo e fazer melhores decisões para a sua empresa. Quer fazer uma cotação de importação ou exportação de/para um lugar específico? CLIQUE AQUI e tenha as informações em minutos.

Consultoria Gratuita

Para empresas de comércio exterior que querem diferenciar sua estratégia e conquistar mais resultados.
Limitado

Ebook: Documentos essenciais no comércio Exterior

Descubra quais são os documentos essenciais para exportação e importação e como usa-los.

Esteja sempre atualizado no mercado de comércio exterior, deixe seu e-mail e receba uma vez por semana nossos conteúdos exclusivos:

Veja também:

Uncategorized

História do Container

O primeiro tipo de container para transporte padrão foi inventado e patenteado por Malcolm McLean (EUA, 1956). Embora ele não fosse um remetente do oceano,

Ler mais »
Uncategorized

Mapa de Embarque

Um Mapa de Embarque é onde você vai reunir todas as informações dos embarques da sua empresa ou setor para ter o controle do andamento

Ler mais »
NCM 3102.50.11
Uncategorized

NCM 3102.50.11 – Capitulo 31

Nomenclatura Comum do Mercosul NCM Classificação NCM Descrição NCM 31 ADUBOS (FERTILIZANTES) Classificações NCM derivadas da subposição 31. Classificação NCM Descrição NCM 31   ADUBOS (FERTILIZANTES)

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha os dados e entraremos em contato: